Explorando o Próximo Nível da Cura


Revista INSIGHTS Setembro/2013

A humanidade está na vanguarda de um novo avanço na Cura, na vanguarda do que a ciência chama de "Medicina da Informação”. Os cientistas estão a quantificar uma nova forma de cura denominada Cura Reconectiva, que acede a uma banda larga de frequências com energia, luz e informação, permitindo que as pessoas curem os outros e a si mesmas. 

Descobertas pelo Dr. Eric Pearl – atualmente uma das autoridades internacionais na transformação global da abordagem da cura – essas frequências são comprovadamente mensuráveis. Segundo os pesquisadores, a Cura Reconectiva é uma forma de cura que muito provavelmente está acessível pela primeira vez, através da qual os facilitadores usam uma banda de frequências vibratórias para transmitir informação corretiva. O Dr. William Tiller, professor emérito da Universidade de Stanford, afirma que quando a informação transportada por essas frequências é introduzida, é criada coerência e ordem. O resultado são relatos dramáticos de regeneração em vez de degeneração e, uma após a outra, curas aparentemente inexplicáveis – muitas vezes instantâneas e duradouras – de doenças, incapacidades físicas e traumas emocionais.

Atualmente vários estudos científicos estão a validar as razões que levam a que essas recuperações ocorram.
O Dr. Tiller mediu um aumento significativo de energia nas salas onde a The Reconnection realizou os seminários.
O Dr. Richard Hansbury, investigador do funcionamento do cérebro, no Reino Unido, descobriu que quando alguém recebe energia reconectiva durante um EEG, as ondas cerebrais começam a organizar-se, a harmonizar e a entrar num estado de coerência no máximo desempenho.
O Laboratório de Sistemas de Energia Humana da Universidade do Arizona, sob a orientação do Dr. Gary Schwartz, realizou seis grandes experiências controladas que comprovaram a transferência eletromagnética na cura reconectiva.
Os estudos de Schwartz revelam ainda que o processo teve um efeito profundo no curador [facilitador]. Os pesquisadores determinaram que as 90 pessoas que participaram do estudo saíram das sessões com aptidões eletromagnéticas novas e expandidas.
Tiller sublinha que "Esta mudança de energia é o que permite que seres humanos normais entrem numa sala e saiam mais tarde com a capacidade de curar os outros e a si mesmos, independentemente da sua educação ou formação”.

A Cura Reconectiva já foi ensinada a mais de 70.000 pessoas em todo o mundo, que estão a integrá-la nas suas práticas profissionais, a utilizá-la para aliviar o sofrimento de familiares, para melhorar o seu próprio bem-estar físico e emocional, e até mesmo a aplicá-la para ajudar os animais.

Texto: M. Darren Gregor
Tradução: Dora Pinto